www.ViagensdeMotorHome.com.br

Todos os direitos reservados -2018

Ênio & Maria Teresa

Estradas – Br 070/364/163/060/010 e outras

 

Fotos da Viagem

 

Nesta nossa viagem de 2017, escolhemos os Estados que ainda não conhecíamos, com suas naturezas privilegiadas. De Chapada dos Guimarães (MT) fomos a Mineiros (GO) e Caldas Novas (GO). A maior Estância Hidrotermal do Mundo e o ponto turístico mais visitado do Estado de Goiás. Ficamos no Camping da Lagoa Park que foi escolhido pela informação dos amigos Cida e Lino que são de Uberlândia e vão sempre a Caldas e que nos fizeram companhia enquanto estivemos lá. Existe muitas Termas na cidade. Conhecemos o Jardim Japonês, museu, lago Corumbá e outros.Um passeio para relaxar com a família ou amigos. Os preços não são populares para se hospedar (mesmo no camping), utilizar as piscinas, restaurantes.

Chapada dos Veadeiros, Alto Paraíso de Goiás. Lugar místico, onde várias religiões e filosofias convivem na mais perfeita harmonia. A Vila de São Jorge é mais próxima dos passeios, que são quase todos em propriedades particulares, alguns passeios se necessita de guia contratado. É um lugar que já teve garimpo e as pedras são parecidas com Cristal; muitas cachoeiras, trilhas, parques. O passeio diferente foi o do Vale da Lua, a força das águas do rio São Miguel fez nas rochas, crateras semelhantes a uma lua. Como Campings são apenas para barracas, ficamos no CAT (centro de atendimento ao turista) na Vila São Jorge que nos forneceu energia e água.

Ponte Alta do Tocantins (TO) é a cidade que as pessoas chegam para se dirigem ao Jalapão, no município de Mateiros. As estradas para Mateiros são de terra assim só carros com tração para trafegar por lá. Segundo nosso guia Douglas, em todas as estações do ano as estradas são difíceis e um veículo traçado é primordial para um bom passeio, mas a beleza do lugar com suas Dunas alaranjadas, cachoeiras, rios de água transparente ,fervedouros, pedra furada, comunidade Mumbuca (remanescentes do quilombolas) e o artesanato de capim dourado,é inigualável, apesar dos desafios,conhecer o Jalapão, lugar tão diferente,valeu a pena. Palmas é uma capital planejada conservando a sua beleza natural. O Estado de Tocantins é jovem e está conseguindo manter sua beleza natural e acompanhar o progresso que o país exige por estarmos no século XXI.

De Palmas a Belém é um trecho longo pela BR 010. Como tem trechos da estrada sem asfalto, entramos no Maranhão por Estreito, Imperatriz e em Itinga do Maranhão entramos no Estado do Pará. Como fazemos cerca de 400 km por dia (paramos para observar tudo que nos chama atenção) dormimos em várias cidades até chegarmos a Belém. Todas às noites dormimos, em postos de combustíveis bem estruturados que recebem muitos caminhões em seu pátio e estão 24 horas abertos. Em Belém, ficamos no Posto de Combustível Marajó à beira da BR, em Benevides, 40 km do centro de Belém. O posto Marajó tem uma infraestrutura invejável. Os caminhões ou qualquer viajante pode ficar no pátio que é todo murado com cancela para entrar e identificação por 5 dias. Se quiser abastecer não precisa pagar a estadia. Quem não quiser abastecer é cobrado por carro, cinquenta reais por dia. Deixamos nosso MH no Pátio e fomos para Ilha de Marajó. O Barco sai do Terminal Hidroviário no Porto ou do terminal Hidroviário do município de Icoaraci, se for levar o carro também. O tempo de travessia é de 3h e 30 e ao chegar no porto de Camará em Salvaterra, o transporte é feito de van. A Ilha é muito bonita, tudo muito simples, os búfalos pastando tranquilamente, praia Joanes, praia Grande de Salvaterra e outras muito bonitas. Adorei realizar este sonho de conhecer a Ilha de Marajó. Belém, foi uma decepção, muita sujeira , monumentos e prédios históricos pixados. Já São Luís, no Maranhão foi a surpresa boa, avenidas largas, tudo muito limpo, acolhedora, prédios históricos bem conservados. Amamos São Luís. Barreirinha com o rio preguiça, pequenos lençóis e grande lençóis é o ponto alto do passeio ao Maranhão. O passeio de barco pelo rio preguiça com suas ilhas e depois de camionete 4 por 4 para ir até Atins (grandes Lençóis) foi muito divertido.O sacolejar na camionete valeu muito porque a paisagem é maravilhosa.

O Piauí tem apenas 66 km de litoral, Luis Correa, Cajueiro da praia, Ilha grande e Parnaíba. O único Delta das Américas em Mar Aberto é em Parnaíba. No passeio pelo Delta temos banho de rio, banho de mar, peixes, dunas, lagoas, animais silvestre. O Delta é um arquipélago com 2700 quilômetros quadrados, faz parte do roteiro das emoções formado pelos Lençóis Maranhense (MA), Jericoacoara (CE) e o Delta do Parnaíba (PI). Imperdível esses passeios, lugares cinematográficos, realmente nestes lugares é só emoção. Jericoacoara está apenas há 22 metros acima do nível do mar, e merece a fama que tem em belezas naturais. A lagoa Paraíso em Jijoca, tão linda que temos a impressão que estamos no mar do Caribe. Temos Dunas, lagoa, cavalos marinhos, em seu habitat natural, mangue, lagoas translúcidas. Já conhecíamos um pouco de Fortaleza (CE), não conhecíamos a praia de Lagoinha, distante uns 70km de Fortaleza. Os amigos Estellita e Frazão nos apresentaram esta maravilha da natureza.


Viajar de MH é muito diferente porque interagimos o tempo todo com as pessoas. Você para nos lugares que te chama mais atenção, conhece vilarejos, cidades pequenas e cidades grandes. Encontramos muitas pessoas, fazemos novas amizades. Alguns só passam e outros marcam mais. Nem temos como agradecer tantas pessoas que nos auxiliaram neste nosso caminho. Obrigada, Nilo e Cida de Uberlândia; Alexandre e Margarete em Alto Paraíso de Goiás; Douglas e Priscila em Ponte Alta do Tocantins; Nargela Vitória e Antonio Sergio em Palmas; Nelson, Ana, José Lopes, Maria e Siqueira na Ilha de Marajó; Comandante Silvio e sua esposa em São Luis do Maranhão; Frazão e Estellita em Fortaleza. Amigos são pessoas como vocês que faz do nosso país, um lugar ótimo para se viver.


Onde ficamos:

Camping Lagoa Termas em Caldas Novas; CAT da Vila São Jorge em Alto Paraíso de Goiás e também o quintal de Alexandre e Margarete; Auto Posto rio Vermelho TO 255 km 01 em Ponte Alta do Tocantins proprietário Igor, recebem MH, fornecem água e luz; Postos da rede Magnólia também permitem o pernoite e fornecem energia quando estávamos em trânsito; Br 153 tem postos grandes e com boa estrutura. Em Belém (PA) ficamos Posto Marajó em Benevides, 40 km do centro e permitem 5 dias de estadia; São Luis (MA) ficamos no quintal do comandante Silvio que apesar de não ter MH, apoia quem vem conhecer a cidade, amiga Vera que nos deu a dica; em Barreirinha(MA) logo na entrada da cidade MA 255, Posto Shell que tem uma pousada e eles aceitam MH ,cobram diária; Jijoca de Jericoacoara, Camping e Barraca “O Tião” sitio lagoa Dourada, o fundo do camping já está a saída para Lagoa Dourada; Fortaleza ficamos “Cofeco” avenida Manoel Mavignier 8000 Sabiaguaba fone 85 99826 7624


80 dias de passeio, 9980 km rodados ( ida e Volta), dias maravilhosos, outros nem tanto mas sempre vale a pena conhecer o novo,aceitar novos desafios porque” tudo vale a pena quando a alma não é pequena” escreveu o poeta Fernando Pessoa.